01 abril 2017

A população sai as ruas de nossa cidade de Areia Branca - R/N, para pedir PAZ!



   




Mãe Kathia ao lado da população um ato de paz 









A nosso cidade tem passado por momentos e dias complicado na segurança do nosso município. Já que não existe, em nenhum lugar do nosso estado do R/N segurança suficiente para a população. 

A população sai as ruas de nossa cidade para pedir PAZ, ruas foram tomadas por uma multidão pela Paz, convite feito pela Paróquia de Nossa Senhora da Conceição na pessoa do padre Cesar, que na feita chamou todas as dominações religiosas da nossa cidade de Areia Branca – R/N, a Casa de Umbanda Pai José de Aruanda que tem a frente a Mãe de Santo Kathia de Oxalá e o Ilé Asé Dajó Obá Aganjú que tem a frente o Babalorixá Antonio Cruz de Xangó, que esta vão presente na grande caminha pela PAZ.

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES    


O BLOG MARIANO DE XANGÓ QUE PARABENIZA A TODOS POR ESSE MOVIMENTO DA PAZ EM NOSSO CIDADES, MAIS QUERO AGRADECER ESPECIALMENTE ESSAS DUAS CASAIS DE MATRIZ AFRICANA QUE FORAM PARA RUAS PEDIR PAZ PAZ E PAZ, PARA TODOS.  

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Oração a Pai Xangó

Juntos Somos Mais Forte!

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento e manter viva a nossa historia"

Ass: Mariano de Xangó
mariano_xango@yahoo.com

O QUE SÃO OGÃNS?

O QUE SÃO OGÃNS?
Ser Ogam é muito mais do que ser aquela pessoa no fundo do Terreiro, tocando pontos para as entidades, médiuns e assistentes. Ser Ogam é participar de forma efetiva e consciente nos trabalhos. Isso exige conhecimento, humildade, concentração, responsabilidade, mediunidade e amor. O Ogam é o responsável pelo canto, pelo toque, pela sustentação, pela parte física e equilíbrio harmônico dos rituais. Diferente do que muita gente pensa, um Ogam pode incorporar, porém, a sua mediunidade manifesta-se normalmente, de forma diferente do restante do corpo mediúnico. Manifesta, principalmente, através da intuição, das suas mãos, braços e cordas vocais. Os atabaques, quando devidamente consagrados e ativados pelos Ogãns, são verdadeiros instrumentos de auxílio espiritual, pois são capazes de canalizar, concentrar e irradiar energias que tanto podem ser movimentadas pelo próprio Ogam como pelas entidades de trabalho para os mais diversos fins