31 julho 2017

"Homenagem a Nanã Buruquê na Tenda de Umbanda Pai Joaquim D'Angola e Exú Tiriri


Nesse sábado na Tenda de Umbanda Pai Joaquim D'Angola e Exú Tiriri, realizamos uma linda homenagem a Nanã Buruquê, e na ocasião todos os filhos e consulentes foram cruzados pelos queridos Pretos Velhos, com o barro sagrado de nossa Mãe Nanã. Agradecemos a todos que puderam prestigiar, e aos filhos pelo carinho e dedicação.

"Que a tua luz neutralize toda as forças negativas à nossa volta.
Dai-nos a tua serenidade e faça de nós filhos abençoados nos caminhos da paz, do amor e da prosperidade." Saluba Nanã!

















25 julho 2017

Sete Anos de Muita Saudades do Nosso Mestre José Jaime Rolin (Zé do Zé)

Sete Anos de Muita Saudades do Nosso Mestre José Jaime Rolin  (Zé do Zé)



Sete Anos de Muita Saudades do Nosso Mestre Zé do Zé
O que fala de José Jaime Rolim, no momento não encontro palavras para fala sobre essa pessoa uma figura marcante em nossa cidade e porque não fala em nosso estado do rio grande do norte, José Jaime Rolim um figura marcante em nosso cidade, como político, como professor, como um homem culto e inteligente, um homem sábio, uma biblioteca, Zelado do orixá, um Pai de santo um Babá assim como queira chamar, José Jaime Rolim, uma pessoa simples, Humilde e inteligente, JJ, Jó Jaire, José Jaime Rolim, Babá Zé, José, Jaime ou simplesmente Zé, esse era a figura de José Jaime Rolim o nosso inesquecível amigo e Sacerdote de Umbanda um Homem que levou com si muitos segredos de nossa cidade, e muitas façanhas feitas por Ele e seus amigos da época que no momento me recordo de dois deles que são Babá Antônio Cruz de Xangó e Mãe Nina da Oxum, pessoas que andavam juntos, na época que eu nem sonhava em nascer e nem está falando dessa pessoa tão importante na minha vida que e José Jaime Rolim, tivemos muitos momentos bons na calçada da alegria ao lado do saudoso Zé, e todos nos ao redor dele para ouvir o mesmo contar suas histórias, que tempo bom! José Jaime um dos fundadores da casa de Umbanda Pai Jose de Aruanda que antes se chamava guias unidos, que deixou na responsabilidade a nossa amiga que tenho muito carinho e respeito Kathia Cruz(Mãe Kathia de Oxalá que hoje está à frente dessa casa), pouquíssimas casas continuaram seguindo o legado após a partido do seu sacerdote fundador, mais o mesmo já vinha preparando espiritualmente e materialmente  a todos nós, principalmente Mãe Kathia de Oxalá para assumir essa missão árdua de zeladora do orixá que não é fácil, e muito difícil e muita gente não entende. Eu sou uma pessoa que ele cobrava muito de mim e passou alguns coisa para mim que ele achava que era necessário naquele momento. É Babá sete anos de muitas saudades do senhor, mais qualquer dia amigo a gente vai se encontrar.
Qualquer dia amigo a gente vai se encontrar!

Mariano Silva

Ogã Mariano de Xangó                      






















  











  

























































Oração a Pai Xangó

Juntos Somos Mais Forte!

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento e manter viva a nossa historia"

Ass: Mariano de Xangó
mariano_xango@yahoo.com

O QUE SÃO OGÃNS?

O QUE SÃO OGÃNS?
Ser Ogam é muito mais do que ser aquela pessoa no fundo do Terreiro, tocando pontos para as entidades, médiuns e assistentes. Ser Ogam é participar de forma efetiva e consciente nos trabalhos. Isso exige conhecimento, humildade, concentração, responsabilidade, mediunidade e amor. O Ogam é o responsável pelo canto, pelo toque, pela sustentação, pela parte física e equilíbrio harmônico dos rituais. Diferente do que muita gente pensa, um Ogam pode incorporar, porém, a sua mediunidade manifesta-se normalmente, de forma diferente do restante do corpo mediúnico. Manifesta, principalmente, através da intuição, das suas mãos, braços e cordas vocais. Os atabaques, quando devidamente consagrados e ativados pelos Ogãns, são verdadeiros instrumentos de auxílio espiritual, pois são capazes de canalizar, concentrar e irradiar energias que tanto podem ser movimentadas pelo próprio Ogam como pelas entidades de trabalho para os mais diversos fins