11 janeiro 2017

Ilé Iyemojá Ògúnté - Terreiro Nagô.


Memória e tradição - Cântico de Oxum

Ao relembrar os atos de fé do nosso grande babá e Mestre Alapini Paulo Braz, mãe Lu Omitòógún, nossa sacerdotisa, cantou para Oxum para reviver um lindo momento de celebração que foi protagonizado por Pai Paulo às margens do Rio Osun em Osogbò na Nigéria.

"Ele cantou wssa toada e invocou Oxum naquelas águas sagradas e ela veio até mim... Não manifestada em ninguém. Ele vaio em sua própria natureza me abençoar" (Mãe Lu).

Este vídeo foi gravado no dia 07/01/2017 no ritual de axexê para nosso eterno pai e professor Alapini.

A beleza destes atos jamais serão esquecidas.

Axé. Axexê mojubá. Agô kolofé.

K'osi obá kan, afí Olorun!


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Oração a Pai Xangó

Juntos Somos Mais Forte!

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento e manter viva a nossa historia"

Ass: Mariano de Xangó
mariano_xango@yahoo.com

O QUE SÃO OGÃNS?

O QUE SÃO OGÃNS?
Ser Ogam é muito mais do que ser aquela pessoa no fundo do Terreiro, tocando pontos para as entidades, médiuns e assistentes. Ser Ogam é participar de forma efetiva e consciente nos trabalhos. Isso exige conhecimento, humildade, concentração, responsabilidade, mediunidade e amor. O Ogam é o responsável pelo canto, pelo toque, pela sustentação, pela parte física e equilíbrio harmônico dos rituais. Diferente do que muita gente pensa, um Ogam pode incorporar, porém, a sua mediunidade manifesta-se normalmente, de forma diferente do restante do corpo mediúnico. Manifesta, principalmente, através da intuição, das suas mãos, braços e cordas vocais. Os atabaques, quando devidamente consagrados e ativados pelos Ogãns, são verdadeiros instrumentos de auxílio espiritual, pois são capazes de canalizar, concentrar e irradiar energias que tanto podem ser movimentadas pelo próprio Ogam como pelas entidades de trabalho para os mais diversos fins