16 março 2017

Terreiros de Areia Branca – R/N, se Organizam para Legalização, ( O Meu Terreiros e Legal)

Reunião da (COEPPIR) em Areia Branca – R/N no dia 14 de março de 2017, que foi no plenário da Câmara Municipal, Tema LEGALIZAÇÃO E MAPEAMENTO DOS TERREIROS DE AREIA BRANCA – R/N.


Com Mary Regina Coordenadora da (COEPPIR) - Coordenadoria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Rio Grande do Norte.


É a Conferência Estadual de Igualdade Racial.

A AMA/Rn é uma associação voltada para o empoderamento e políticas públicas das mulheres de comunidades tradicionais, na Coordenadoria da Pessoa de Juliane Ribeiro da Oxum.

O trabalho continua...

Tivemos a presenças 

Mãe de Santo Kathia de Oxalá. 

Babá Antônio cruz de Xangó. 

Babá Nil da Oxum.

O nosso Irmão de Fé Klenison de Xangó que estava representando o ILE ÀSÉ DAJO OBA OGODO do nosso Babalorixa Melquisedec de Xangó.


A AMA/Rn é uma associação voltada para o empoderamento e políticas públicas das mulheres de comunidades tradicionais, na Coordenadoria da Pessoa de Juliane Ribeiro da Oxum.
Quero agradecer também a Radio Sensorial (http://www.sensorialfm.com.br),na pessoa do Pai Ronald Edy de Xangó




"A legalização não resolve tudo, mas, na ilegalidade, as Casas ficam mais vulneráveis e sem poder ter acesso a diversas políticas que o Governo Federal e Estadual disponibilizam. Fico muito feliz que graças a parceria com a UFRN e à OAB conseguimos lançar esse importantíssimo Programa. Estamos hoje inaugurando uma nova era nesse Estado", afirmou a Coordenadora da COEPPIR Mary Regina

O Programa "Meu Terreiro é Legal" é operacionalizado pelo Governo do Estado através da Coordenadoria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (COEPPIR), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (SEJUC), em parceria com a Consej - Consultoria Jurídica e a OAB/RN. O projeto é prioridade da atual gestão, pois ele foca na emancipação das Casas de Matriz Africana.

Para participar, as Casas podem encaminhar uma mensagem de solicitação para o e-mail da COEPPIR (coeppirsejuc@rn.gov.br) e agendar uma conversa com a equipe da Coordenadoria.

JUNTOS SOMOS BEM MAIS FORTES


Mary Regina Coordenadora da (COEPPIR) - Coordenadoria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Rio Grande do Norte




Na terça-feira (14/03) a Titular da Coordenadoria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (COEPPIR) esteve cumprindo agenda administrativa no Município de Areia Branca/RN.

Pela manhã, a Coordenadora se reuniu com o Secretário Municipal de Assistência Social Jânio Filgueira e o teor do encontro foi a criação de uma Coordenadoria e Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial. A Coordenadora Mary Regina debateu ainda sobre a realização da Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial, sobre o Mapeamento das Casas de Matriz Africana em Areia Branca e sobre o Programa "Meu Terreiro é Legal", lançado recentemente pela COEPPIR.

A Coordenadora Mary Regina se reuniu ainda com as Casas de Matriz Africana de Areia Branca e dialogou a respeito do Programa "Meu Terreiro é Legal" e sobre a Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial que os Povos Tradicionais devem cobrar do Município a realização.

"Fico muito contente em momentos assim quando a Coordenadoria pode chegar às Comunidades e trazer boas notícias. E aqui estou eu trazendo essas notícias e me colocando a disposição para que os povos de matriz africana daqui de Areia Branca possam ter acesso a todas as políticas que a COEPPIR está implementando no Estado", finalizou a Coordenadora Mary Regina.

O blog Mariano de Xangó que agradecer o empenho e a luta da (Coeppir) na pessoa de Mary Regina, estamos juntos irmã nessa luta.

Mary Regina Coordenadora da (COEPPIR) - Coordenadoria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Rio Grande do Norte

Babá Nil da Oxum


Ogam Mariano de Xangó com Mary Regina Coordenadora da (COEPPIR)


Esse e o Vídeo do encontro de Duração de 1h e 17min.
LEGALIZAÇÃO E MAPEAMENTO DOS TERREIROS DE AREIA BRANCA – R/N
(não vou aqui mim prologar muito em explica, veja esse vídeo, que ela tirara  todas os suas duvida sobre a legalização do seu barracão). 

Mary Regina Coordenadora da (COEPPIR) - Coordenadoria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Rio Grande do Norte 
é
A Coordenadora da AMA/R/N Juliane Ribeiro, que é uma associação voltada para o empoderamento e políticas públicas das mulheres de comunidades tradicionais.







Mary Regina Coordenadora da (COEPPIR).
E o nosso Irmão de Fé Klenison de Xangó que estava representando o ILE ÀSÉ DAJO OBA OGODO do nosso Babalorixa Melquisedec de Xangó.



Mãe Kathia, Ogam Mariano e Mary Regina

Babá Nil da Oxum, Mãe Kathia de Oxanla, Mariano de Xangó, Mary Regina de Xangó e Igor de obaluaê.


Juntos Somos Mais Fortes
A luta só Começou

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Oração a Pai Xangó

Juntos Somos Mais Forte!

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento e manter viva a nossa historia"

Ass: Mariano de Xangó
mariano_xango@yahoo.com

O QUE SÃO OGÃNS?

O QUE SÃO OGÃNS?
Ser Ogam é muito mais do que ser aquela pessoa no fundo do Terreiro, tocando pontos para as entidades, médiuns e assistentes. Ser Ogam é participar de forma efetiva e consciente nos trabalhos. Isso exige conhecimento, humildade, concentração, responsabilidade, mediunidade e amor. O Ogam é o responsável pelo canto, pelo toque, pela sustentação, pela parte física e equilíbrio harmônico dos rituais. Diferente do que muita gente pensa, um Ogam pode incorporar, porém, a sua mediunidade manifesta-se normalmente, de forma diferente do restante do corpo mediúnico. Manifesta, principalmente, através da intuição, das suas mãos, braços e cordas vocais. Os atabaques, quando devidamente consagrados e ativados pelos Ogãns, são verdadeiros instrumentos de auxílio espiritual, pois são capazes de canalizar, concentrar e irradiar energias que tanto podem ser movimentadas pelo próprio Ogam como pelas entidades de trabalho para os mais diversos fins