03 fevereiro 2016

Para quem diz que não existe intolerância religiosa no Brasil, dá uma olhada nesses números! Basta de impunidade! Mais Respeito!


As denúncias no Disque 100 de crimes de Intolerância Religiosa crescem no país.

No último Balanço das Denúncias de Violações de Direitos Humanos, houve um crescimento de 273% nas denúncias de Intolerância Religiosa de 2015 sobre o ano de 2014.

Precisamos continuar lutando por nossos direitos, por nossa liberdade de culto e denunciando toda e qualquer forma de discriminação e intolerância contra as religiões de matriz africana.

Basta de impunidade!

Mais Respeito!

Confira a matéria na página da SEPPIR clicando no link abaixo:

Confira os dados completos do Balanço das Denúncias de Violações de Direitos Humanos clicando no link baixo:

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Oração a Pai Xangó

Juntos Somos Mais Forte!

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento e manter viva a nossa historia"

Ass: Mariano de Xangó
mariano_xango@yahoo.com

O QUE SÃO OGÃNS?

O QUE SÃO OGÃNS?
Ser Ogam é muito mais do que ser aquela pessoa no fundo do Terreiro, tocando pontos para as entidades, médiuns e assistentes. Ser Ogam é participar de forma efetiva e consciente nos trabalhos. Isso exige conhecimento, humildade, concentração, responsabilidade, mediunidade e amor. O Ogam é o responsável pelo canto, pelo toque, pela sustentação, pela parte física e equilíbrio harmônico dos rituais. Diferente do que muita gente pensa, um Ogam pode incorporar, porém, a sua mediunidade manifesta-se normalmente, de forma diferente do restante do corpo mediúnico. Manifesta, principalmente, através da intuição, das suas mãos, braços e cordas vocais. Os atabaques, quando devidamente consagrados e ativados pelos Ogãns, são verdadeiros instrumentos de auxílio espiritual, pois são capazes de canalizar, concentrar e irradiar energias que tanto podem ser movimentadas pelo próprio Ogam como pelas entidades de trabalho para os mais diversos fins