02 janeiro 2015

Cortejo de Yemanjá dia 31-12-2014 - Areia Branca R/N

Cortejo de Yemanjá
(Procissão e entrega do presente de Yemanjá)
Data: 31 de dezembro de 2014
Tema: “Yemanjá, as águas da vida”
Saída: 15:30h. da sede do Ilé Ase Dajó Ìyá Omí Sàbá, na Rua Duque de Caxias, fazendo parada na Praça Luiz Batista, que será um ponto de concentração e seguindo na Rua Barão do Rio Branco até o Cais Tertuliano Fernandes, onde haverá o culto de louvor á Yemanjá e entrega do presente nas águas do Rio Yvipanim (Rio Mossoró)




Neste ano a programação religiosa passou por modificações no itinerário e a concentração dos religiosos ocorreu na praça Luiz Batista, de onde saíram todos juntos em procissão até o Cais Tertuliano Fernandes, local em que três balsas aguardavam os Candomblecistas e Umbandistas para a entrega das oferendas na foz do Rio Mossoró























































Palavras de Gerente de Cultura Antônio Aldemir Seixas

Sou NEGRO, conheço minhas FORÇAS e minhas LIMITAÇÕES. Acredito na força do BEM. Nesse momento fiz 2 pedidos: O 1º foi que Iemanjá levasse para bem longe de mim: Os invejosos...A falsidade.. As intrigas..A violência, A doença.. O 2º e o mais importante: Que a paz voltasse a reinar na minha PRINCESINHA DO MAR..Sei que serei atendido..

 Gerente de Cultura Antônio Aldemir Seixas e Viviane Araujo









Histórico

A iniciativa da casa  Ilé Ase Dajó Ìyá Omí Sàbá  datada do ano 2000, quando religiosos saíram em caminhada para entregar oferendas no Rio Mossoró. Tímido no primeiro ano, a manifestação de fé foi crescendo com o passar dos anos e atraindo a atenção e a participação de outras casas de candomblé e Umbanda ainda uma parcela da população que vai ao cais Tertuliano Fernandes no último dia do ano para acompanhar as homenagens ao orixá Yemanja.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Oração a Pai Xangó

Juntos Somos Mais Forte!

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento e manter viva a nossa historia"

Ass: Mariano de Xangó
mariano_xango@yahoo.com

O QUE SÃO OGÃNS?

O QUE SÃO OGÃNS?
Ser Ogam é muito mais do que ser aquela pessoa no fundo do Terreiro, tocando pontos para as entidades, médiuns e assistentes. Ser Ogam é participar de forma efetiva e consciente nos trabalhos. Isso exige conhecimento, humildade, concentração, responsabilidade, mediunidade e amor. O Ogam é o responsável pelo canto, pelo toque, pela sustentação, pela parte física e equilíbrio harmônico dos rituais. Diferente do que muita gente pensa, um Ogam pode incorporar, porém, a sua mediunidade manifesta-se normalmente, de forma diferente do restante do corpo mediúnico. Manifesta, principalmente, através da intuição, das suas mãos, braços e cordas vocais. Os atabaques, quando devidamente consagrados e ativados pelos Ogãns, são verdadeiros instrumentos de auxílio espiritual, pois são capazes de canalizar, concentrar e irradiar energias que tanto podem ser movimentadas pelo próprio Ogam como pelas entidades de trabalho para os mais diversos fins