26 junho 2016

Casa de Umbanda Pai José de Aruanda que fica localizada na cidade de Areia Branca - R/N, Realizou Nesta Quita feira dia 23/06/2016 a festa de pai xangó!

Então vamos às datas:

Junho
13 Dia de Santo Antônio, festa para Xangô Abomi.
24 Dia de São João Batista, festa para Xangô Agodô.
29 Dia de São Pedro, festa para Xangô Alufam.

Setembro
29 Dia de São Miguel Arcanjo, festa para Xangô Aganjú*
30 Dia de São Jerônimo

Outubro
28 Dia de São Judas Tadeu

Aganjú (Agandjú)é considerado um caminho de Xangô (Xangô jovem), ou um orixá da mesma família, ou seja, um orixá independente mas que reina sobre os domínios semelhantes. No "Batuque" de Porto Alegre tem forte ligação com os Ibeji.

Kawó kabiyèsílé! 

Kaô kabecilê! (ou Kaô kabecilê obá) 

Saravá Xangô!


 









  







  








 


 












































  



















  










Portanto, XANGÔ, equivale a SENHOR DO FOGO OCULTO 

Saudação: Kawó Kabiyécilé ou Caô Cabiecilê que significa “Venham ver o Rei Descer Sobre a Terra!” 
Símbolo: Os machados de duplo corte, que significa a alma em busca de equilíbrio e é também o símbolo da imparcialidade; A balança que significa a justiça de Oxalá; A estrela de seis pontas, associada com a sabedoria de Sa­lomão e representando o equilíbrio entre o céu e a terra, a água e o fogo, o ho­mem e a mulher, ou seja, representa o equilíbrio universal. 

Cores: marrom, vermelho, cinza ou ainda o roxo 

Instrumento: Oxé, machado de duas laminas, Xerém, espécie de chocalho que traz em suas mãos representando o despertar dos raios e dos trovões. 

Pedra: Pedra do Sol

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Oração a Pai Xangó

Juntos Somos Mais Forte!

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento e manter viva a nossa historia"

Ass: Mariano de Xangó
mariano_xango@yahoo.com

O QUE SÃO OGÃNS?

O QUE SÃO OGÃNS?
Ser Ogam é muito mais do que ser aquela pessoa no fundo do Terreiro, tocando pontos para as entidades, médiuns e assistentes. Ser Ogam é participar de forma efetiva e consciente nos trabalhos. Isso exige conhecimento, humildade, concentração, responsabilidade, mediunidade e amor. O Ogam é o responsável pelo canto, pelo toque, pela sustentação, pela parte física e equilíbrio harmônico dos rituais. Diferente do que muita gente pensa, um Ogam pode incorporar, porém, a sua mediunidade manifesta-se normalmente, de forma diferente do restante do corpo mediúnico. Manifesta, principalmente, através da intuição, das suas mãos, braços e cordas vocais. Os atabaques, quando devidamente consagrados e ativados pelos Ogãns, são verdadeiros instrumentos de auxílio espiritual, pois são capazes de canalizar, concentrar e irradiar energias que tanto podem ser movimentadas pelo próprio Ogam como pelas entidades de trabalho para os mais diversos fins