01 junho 2015

Dia 29-05-15 Religiosos homenageiam O saudoso Pai de santo José Jaime Rolim durante fórum social.

Reunidos em torno da discussão sobre o poder de cura das ervas, adeptos do culto a Jurema Santa e Sagrada homenagearam o religioso José Jaime Rolim, falecido em julho de 2010 como importante personalidade religiosa, cultural, política e social.

A terceira edição do Fórum de Religiosos do Culto à Jurema Santa e Sagrada ocorreu na noite desta sexta-feira (29) na sede do Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Areia Branca R/N, e foi organizada pela Casa de Jurema Mestra Maria da Luz e Casa de Umbanda Pai José de Aruanda, esta última que foi fundada no ano de 1979 pelo homenageado da noite o Mestre José Jaime Rolim .

Os trabalhos foram conduzidos pelos juremeiros, O Babalorixá Noamã Pinheiro, Mestre Zedequias da Rocha, Mãe Lucia Helena Alves palestraram sobre as ervas e o poder da cura, Mãe Kathia Cruz e Mãe Francelina (Mãe Nina) e Mãe Preta.

O presidente da Fundação Areia Branca de Cultura, Aldemir Seixas e a gerente de Turismo Viviane Araújo participaram do fórum representando o poder público municipal.

Uma dança indígena foi apresentada ao público através do grupo Raízes de Jurema que é formado por jovens das casas que organizaram o encontro.

Os familiares do Pai de santo José Jaime Rolim acompanharam as homenagens ocorridas durante o evento.

Mãe Lucia Helena, Mãe Preta e Mãe Karhia.

Mãe Kathia

Mãe Lucia

um as das Juremeira mais velha da nossa cidade a Ialorixá Maria de Pinheiro


Uma dança indígena foi apresentada ao público através do grupo Raízes de Jurema que é formado por jovens das casas que organizaram o encontro.

Uma dança indígena foi apresentada ao público através do grupo Raízes de Jurema que é formado por jovens das casas que organizaram o encontro.

veja o vídeo
Apresentação Cultural do Grupo Raízes de Jurema


Os familiares do Pai de santo José Jaime Rolim acompanharam as homenagens ocorridas durante o evento.

Os familiares do Pai de santo José Jaime Rolim acompanharam as homenagens ocorridas durante o evento.




Fonte: Blog do nosso amigo e jornalista Carlos Jr.                    http://vozdeareiabranca.com.br/2015/05/religiosos-homenageiam-sacerdote-durante-forum-social/

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Oração a Pai Xangó

Juntos Somos Mais Forte!

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento e manter viva a nossa historia"

Ass: Mariano de Xangó
mariano_xango@yahoo.com

O QUE SÃO OGÃNS?

O QUE SÃO OGÃNS?
Ser Ogam é muito mais do que ser aquela pessoa no fundo do Terreiro, tocando pontos para as entidades, médiuns e assistentes. Ser Ogam é participar de forma efetiva e consciente nos trabalhos. Isso exige conhecimento, humildade, concentração, responsabilidade, mediunidade e amor. O Ogam é o responsável pelo canto, pelo toque, pela sustentação, pela parte física e equilíbrio harmônico dos rituais. Diferente do que muita gente pensa, um Ogam pode incorporar, porém, a sua mediunidade manifesta-se normalmente, de forma diferente do restante do corpo mediúnico. Manifesta, principalmente, através da intuição, das suas mãos, braços e cordas vocais. Os atabaques, quando devidamente consagrados e ativados pelos Ogãns, são verdadeiros instrumentos de auxílio espiritual, pois são capazes de canalizar, concentrar e irradiar energias que tanto podem ser movimentadas pelo próprio Ogam como pelas entidades de trabalho para os mais diversos fins