16 março 2016

Rede jovens de terreiros do RN e rede mandacaru brasil....alem de muitas rocas. Centros. Iles..religiosas e religiosos de matriz africana...

Baba Fernandes José 

Nas aguas de Yemonjar em barra de maxaranguape povos e comunidades litoranea norte do RN e vale do Ceara Mirim RN...alem da acao cultural religiosa reconhecimento historico pelo governo do estado do RN de yagbas sexagenarias como patrimonios vivos da resiliencia cultural de povos tradicionais de matriz africana ...coordenacao ogam tito participacao:
Prefeitura de maxaranguape e coeppir/sejuc RN...fonsapotma rn...comissao de terreiros do rn...articulacao de mulheres e homens do axe. Rede jovens de terreiros do rn e rede 
mandacaru brasil....alem de muitas rocas. Centros. Iles..religiosas e religiosos de matriz africana...

  
Carla Lemos

Cassio Soares.

Baba Fernandes José 

Iyá Francisca Silva.

Maria Xoroquė.

Reações:

2 comentários:

  1. Como sempre nossa gratidão aos irmãos de fé e caminhada de areia branca e região sua bênção meu velho mariano... grato como sempre suas homenagens publicando nossas ações coletivas... precisamos urgente de seus contratos nosso sempre kolofe oporem kolofe...

    ResponderExcluir
  2. O que mais nos torna humanos são nossas diferenças...
    Boa sorte e que Deus abençoe a todos...

    ResponderExcluir

Oração a Pai Xangó

Juntos Somos Mais Forte!

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguém reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento e manter viva a nossa historia"

Ass: Mariano de Xangó
mariano_xango@yahoo.com

O QUE SÃO OGÃNS?

O QUE SÃO OGÃNS?
Ser Ogam é muito mais do que ser aquela pessoa no fundo do Terreiro, tocando pontos para as entidades, médiuns e assistentes. Ser Ogam é participar de forma efetiva e consciente nos trabalhos. Isso exige conhecimento, humildade, concentração, responsabilidade, mediunidade e amor. O Ogam é o responsável pelo canto, pelo toque, pela sustentação, pela parte física e equilíbrio harmônico dos rituais. Diferente do que muita gente pensa, um Ogam pode incorporar, porém, a sua mediunidade manifesta-se normalmente, de forma diferente do restante do corpo mediúnico. Manifesta, principalmente, através da intuição, das suas mãos, braços e cordas vocais. Os atabaques, quando devidamente consagrados e ativados pelos Ogãns, são verdadeiros instrumentos de auxílio espiritual, pois são capazes de canalizar, concentrar e irradiar energias que tanto podem ser movimentadas pelo próprio Ogam como pelas entidades de trabalho para os mais diversos fins